Assaltante do Capitólio que ameaçou Pelosi considerado culpado

Arquivo
Arquivo – Ex-Portadora da Câmara dos Representantes dos EUA Nancy Pelosi – ROD LAMKEY / ZUMA PRESS / CONTACTOPHOTO

Uma mulher acusada de participar no 6 de Janeiro de 2021, assalto ao Capitólio nos Estados Unidos foi considerada culpada na quarta-feira de vários crimes, incluindo a ameaça à então oradora da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi.

A Procuradoria dos EUA disse que a mulher, que foi identificada como Pauline Bauer, 55 anos, é acusada de uma dúzia de acusações incluindo insurreição, obstrução de procedimentos oficiais, transgressão, agressão e conduta desordeira, entre outras.

O juiz distrital dos EUA Trevor McFadden considerou a mulher culpada de muitos deles por tentarem impedir o Congresso de se sentar em sessão nesse dia para certificar a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais americanas. «As provas mostram que Bauer invadiu o Capitólio e ameaçou Nancy Pelosi», afirmam vários documentos do tribunal, de acordo com o The Hill.

A mulher estava a uma curta distância do escritório de Pelosi, que pediu para ser removida à força. «Tragam-na aqui. Vamos entrar e apanhá-lo se não a trouxer agora», advertiu ela. Além disso, empurrou vários agentes da polícia, para quem também gritou.

Bauer, que foi retirado à força do Capitólio, foi preso meses mais tarde no estado da Pennsylvania. Ela poderia enfrentar até 20 anos de prisão.

Fonte: (EUROPA PRESS)