Harris insta o Congresso dos EUA a aprovar «leis razoáveis» sobre direitos de armas

Arquivo
Arquivo – U.S. Vice President Kamala Harris – Brian Cahn/ZUMA Press Wire/dpa

O vice-presidente norte-americano Kamala Harris exortou o Congresso dos EUA a avançar com leis de segurança de armas «razoáveis» e limites às armas de assalto após os recentes tiroteios na Califórnia, onde pelo menos 14 pessoas foram mortas.

«Já tivemos no nosso país este ano, estamos em Janeiro, estima-se, mais de 40 assassinatos em tiroteios. E tragicamente, continuamos a dizer a mesma coisa», reiterou Harris, reiterando o seu apelo para que os Estados Unidos parem com os tiroteios em massa, de acordo com um comunicado de imprensa da Casa Branca.

De acordo com o «número dois» de Biden, o país precisa que o Congresso actue de modo a ter uma abordagem uniforme sobre onde se encontra enquanto nação, reformando a Segunda Emenda à Constituição dos EUA, que estabelece o direito individual dos cidadãos a portar armas.

«Deverão eles (congressistas) fazer alguma coisa? Sim. Irão fazer alguma coisa? É aí que todos precisamos de levantar a voz e falar com os nossos representantes eleitos sobre o que temos o direito de esperar que eles façam», salientou Harris.

As observações do Vice-Presidente vêm dias depois de vários tiroteios em massa envolvendo armas de assalto terem ocorrido no estado da Califórnia, matando pelo menos 14 pessoas.

Fonte: (EUROPA PRESS)