Bolsonaro para ser hospitalizado no seu regresso dos EUA por problemas abdominais depois de ter sido esfaqueado

Jair
Jair Bolsonaro num hospital em Orlando, EUA – @JAIRBOLSONARO

O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro terá de ser novamente operado ao regressar dos Estados Unidos em consequência de problemas abdominais de que tem sofrido desde o esfaqueamento que sofreu em 2018 e que recentemente forçou a sua admissão num hospital da Florida.

Isto foi anunciado pelo Dr. Antonio Luiz Macedo, um dos médicos que tem vindo a tratar Bolsonaro desde esse ataque, cometido em plena campanha eleitoral. De momento não ofereceu mais pormenores da operação e aguarda o regresso do ex-presidente dos Estados Unidos para fixar uma data.

A operação nos Estados Unidos foi excluída devido ao elevado custo do sistema de saúde americano, segundo fontes próximas de Bolsonaro, de acordo com o jornal ‘Folha de São Paulo’.

Esta seria a quinta operação a que seria submetido após ter sido esfaqueado. Nos dias 9 e 10 do mês passado, Bolsonaro foi internado num hospital na Florida por obstrução intestinal, razão pela qual assegurou que iria antecipar o seu regresso ao Brasil, inicialmente previsto para o final deste mês.

Contudo, Bolsonaro permanece nos Estados Unidos e parte do seu círculo mais próximo é a favor de prolongar a sua estadia enquanto as águas se acalmam após os ataques golpistas dos seus apoiantes mais radicais às instituições do Estado brasileiro.

As investigações contra ele por este e outros casos, incluindo a divulgação de falsas notícias e ataques ao sistema de votação antes e durante a campanha eleitoral, fazem parte do cenário judicial que se avizinha e podem arruinar as suas aspirações de regressar à presidência em 2026.

Fonte: (EUROPA PRESS)